- - - - -

- - - - -
<> Clique na imagem e oiça Fado <>
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.685 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

O homem do Ribatejo

Rosa Lobato de Faria / José Luis Nobre Costa
Repertório de António Pinto Basto

O homem do Ribatejo
Tem de sobejo, coisas do céu
A chuva que vem do cimo
O sol a pino e a mão de Deus

Terra que em ondas de mágoa
Faz do campino um valente
O Tejo dá-nos a água
Que quer abraçar a gente

Pega um toiro em Alcochete
Vai cantar a Vila Franca
Monta um baio em Salvaterra de calção e meia branca
Vai à feira a Santarém
Há fandango em Almeirim
Nas adegas do Cartaxo bebe um sonho até ao fim

Irmão da terra e do gado
Cantor de fado, homem de fé
Traz a lezíria no peito
Não perde o jeito de ser quem é

Cresceu nas crinas do Tejo
Sabe brandir quando quer
O aguião do desejo
Nos braços de urna mulher

À Senhora do Castelo
Em Coruche, a oração
E na Feira do Cavalo da Golegã, animação
Já passou pela Chamusca
Entrou numa tasquinha
Vai também a Benavente pela festa da sardinha