Clique na imagem e oiça Fado !!!
* * * * *
As 5.355 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE *filósofo brasileiro* 1921/1997
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *
------------------------------------------------------------------------- -------------------------------------------------------------------------
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
* * * * *

Terra de ninguém

João Alberto / Armando Machado *fado súplica*
Repertório de Francisco Martinho

Se fosse pelo mundo repartido
O amor, que nesta hora precisamos
Talvez tivesse a vida mais sentido
Na terra de ninguém, que nós pisámos

A semente do mal, do fingimento
Faz a terra florir sem amizade
Há quem ria sentindo sofrimento
Enquanto outros choram sem verdade

Há quem ponha nos gestos, afeição
Para falar de amor sem o sentir
A vida, é um palco d´ilusão
Aonde todos temos de mentir

Que bom seria, a gente ser capaz
De fugir ao destino que nos prende
Na hora em que vivemos, não há paz
Na terra de ninguém, ninguém se entende