- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.535 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Neste jogo de cintura

Letra e música de Amélia Muge
Repertório de Sandra Correia

Tu danças tão bem a salsa / Temperas o meu coração
E eu troco as voltas ao fado / Bem no meio do salão
Bates o pé, estremece / O chão da minha paixão
E num voar compassado / Meus olhos em salsa estão

Vai a minha voz roçando / O teu pescoço aprumado
Vão-se os teus olhos chegando / E mais me enredo no fado
Neste jogo de cintura / Nem sei bem quem mais s’espanta
Fica a salsa insegura / Porque do fado se encanta

E bate o fado enrolado / Num jeito desconhecido
Já nem sei se canto a salsa / Se canto o fado corrido
Passas por mim e um gesto / Fica parado no ar
Eu já desmancho o meu fado / Prá salsa poder dançar

Tu danças tão bem a salsa / Temperas meu coração
E eu troco as voltas ao fado / Bem no meio do salão
A salsa que há nos teus olhos / Quem me dera acompanhar
Até já nos falta o chão / Onde nós vamos parar