- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Cegonha

Letra e musica de Carlos Paião
Repertório de Dulce Guimarães

Olá cegonha, gosto de ti
Há quanto tempo te não via por aí
Nem teus ninhos nos telhados
Nem as asas pelo céu
Olá cegonha, que aconteceu

Ainda me lembro de ouvir dizer
Que tu de longe os bebés vinhas trazer
Mas os homens vão crescendo
E as cegonhas a morrer
Ainda me lembro, não pode ser

Adeus cegonha, tu vais voar
E a gente sonha, é bom sonhar
No teu destino por nós traçado
Leva o menino, que é pequenino
Toma cuidado

Adeus cegonha, adeus lembranças
A gente sonha como crianças
Faz outro ninho nos altos céus
Vai de mansinho, mas p´lo caminho
Diz-nos adeus