As 5.205 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Vai lá falar

Laierth Neves / Amadeu Ramim
Fado também conhecido com o título *Mensagem de Amor*

Repertório de Cidália Moreira

Vai lá falar àquela mulher sem sorte
Que um dia perdeu o norte e continua perdida
Vai lá levar uma palavra singela
De bondade, p'ra ver se ela volta a acreditar na vida

Vai lá falar àquele a quem chamam louco
Que pintou ainda há pouco mais um quadro de Lisboa
Vai-lhe dizer que ele é que tem razão
Com tintas do coração qualquer tela é sempre boa

Vai lá falar... p
õe o orgulho de lado
Não fiques contrariado, sorri seja p'ra quem fôr
Vai lá falar... a
perta a mão de quem passa
Porque aonde houver desgraça, é preciso o nosso amor

Vai lá falar àquele amigo de infância
Que por qualquer circunstância pede esmola p´ra viver
Anda, vai dar-lhe do teu pão e do teu vinho
Dá-lhe todo o teu carinho p'ra que deixe de sofrer

Vai lá falar àquela que já foi tua
E nunca mais se habitua a ter de viver sem ti
Vai-lhe dizer que vives arrependido
Por não teres compreendido a paixão que havia em si