- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - - - -
As 5.440 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os
- - - - -
Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE *filósofo*
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Noites perdidas *M.J.Quadros*

Tiago Torres da Silva / Pedro Luís
Repertório de Maria João Quadros


Sempre soube que a saudade / Se apaixonara por mim
E que sentia vaidade / Por me ver sofrer assim

Eu dei-me a essa paixão / Na tristeza de um noivado
Onde entrego á solidão / Tudo o que me deu o fado

Aprendi a dar o braço
Á madrugada mais estreita
Porque a dôr acerta o passo
Pelas mãos de quem aceita;
Que é vendo o nosso cansaço
Que a suadade se aproveita
P’ra desfazer o compasso
Com que o nosso amor se deita

Sempre soube que as guitarras / Gostavam de ser tangidas
Só p’ra deitarem as garras / Ás minhas noites perdidas

Mas as saudades são vãs / Quando dormem a meu lado
Porque eu acordo as manhãs / P’ra virem ouvir o fado

Sempre soube a solidão / Pois deixei a alma enxuta
Ao chorar por tradição / P’ra dar prazer a quem me escuta

Foi ouvindo o que soubeste / Que o teu fado me procura
Porque o xaile que me déste / É feito de noite escura