- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Esta pena de ser eu

Johnny Galvão / Rui Filipe
Repertório de Rosa Negra


P'ra mim, o fado só faz sentido
Se for um gesto de amor comprenendido
Talvez haja uma vez p'ra ser mais feliz
Talvez seja demais e eu tenha medo


P'ra mim o fado só é sentido
Se for reflexo de alguém que anda perdido
Não sei se sou capaz de me descobrir
Mas sei que ninguém tem o mesmo fado


Fado maldito, este fado que é só meu
Fado vadio, do inferno até ao céu
Fado castiço, como um feitiço o fado tem destino seu
Fado sentido, esta pena de ser eu
Este meu fado de ter sempre a alma ao léu
Fado corrido, quase esquecido
Vou-te cantar o fado
Vou-te cantar tudo o que é teu


P'ra ti o fado só tem sentido
Se for um grito de dôr arrependido
Não sei se vais ser capaz de me perdoar
Nem sei o que fazer com este fado