- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Meu coração

Carlos Conde / Alfredo Duarte *fado cravo*
Repertório de Esmeralda Amoedo


Coração cala os meus ais
Bate mais pausadamente
Dá menos pressa ao meu fim
Não me faças chorar mais
Com pena de certa gente
Que não tem pena de mim

Não te prendas a ninguém
Sabes lá no teu sentir / Do que este mundo é capaz
Há gente a quem se faz bem
Que ainda se fica a rir / Do bem que a gente lhes faz

Não me pretendas lançar
No desgosto mais profunho / Na mágoa mais dolorida
Quero ser livre p’ra cantar

Rir das misérias do mundo / E das mentiras da vida

A morte é certa, é fatal
E a vida vivda á toa / Nem sempre se contradiz
Fazer bem, não fica mal
Mas olha que a gente boa / É sempre a mais infeliz

Após falar desta sorte
Um pobre pediu-me pão / Eu dei-lho, por caridade
Ás vezes quero ser forte
Mas este meu coração / Nunca me faz a vontade