- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.515 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Ave do amor

José Fernandes Castro / Nel Garcia
Repertório de Maria da Luz

No fundo dum copo bebido com mágoa
Vejo o desespero que me rouba a calma
E sonho o teu corpo feito gota d'agua
Embalando o medo que me fere a alma

No fundo da vida canso o meu olhar
Vendo a tua imagem tão longe de mim
Revejo a partida, anseio voltar
E mato a distância que não tem fim

No fundo do tempo que mata a tristeza
Vejo esvoaçar a ave do amor
E faço do vento a minha certeza
Se o vento mudar... acaba-se a dor

E faço do tempo

A minha alvorada
Sonhando a chegada
Da ave do amor