- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Digam

Manuel de Andrade / Frederico de Brito *fado dos sonhos*
Repertório de Rodrigo da Costa Félix

Se hoje alguém, me procurar
Digam que não pode entrar
Que não estou para ninguém;
Fechem-lhe a minha janela
E mesmo que seja ela
Digam, que não estou também

Digam que a não quero ver
Que não me faça sofrer / Digam-lhe, que se vá embora
Digam que há muito morri
Mesmo que nunca existi / Digam que aqui ninguém mora

Façam o que lhes lembrar
Digam que não pode entrar / Que não estou para ninguém
Que a porta ficou trancada
Ou então, não digam nada / Porque eu sei, que ela não vem