- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Descia pela rua a cantar

Letra e música de: Mário Moniz Pereira
Repertório de Nuno da Camara Pereira

Descia pela rua a cantar... descia
Falava com todos na rua... falava
Corria por toda a Lisboa... corria
Não dava pelo tempo a passar... não dava

Sentia que estava a viver... sentia
Cantava sá fado corrido... cantava
Não queria ninguém a chorar... não queria
Andava feliz todo o dia... andava

A vida passa e faz viver uma mulher
A vida passa e faz sofrer uma qualquer
As fantasias já não são mais perdoadas
As alegrias são tristezas adiadas

Subia pela rua calada... subia
Não dava pelos outros na rua... não dava
Não ía para fora do bairro... não ía
Achava que a vida passara... achava

Sentia que estava a sofrer... sentia
Cantava só fado a chorar... cantava
Não via ninguém a sorrir... não via
Andava infeliz todo o dia... andava