- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Canal de JOSÉ FERNANDES CASTRO em parceria com RÁDIO MIRA

RÁDIO apadrinhada pelo mestre *RODRIGO*

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
AS LETRAS PUBLICADAS REFEREM A FONTE DE EXTRAÇÃO, OU SEJA: NEM SEMPRE SÃO MENCIONADOS OS LEGÍTIMOS CRIADORES
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATINGIDO ESTE VALOR // QUE ME FAZ SENTIR HONRADO // CONTINUO, COM AMOR // A SER SERVIDOR DO FADO
POIS MESMO DESAGRADANDO // A TROIANOS MALDIZENTES // OS GREGOS VÃO APOIANDO // E VÃO FICANDO CONTENTES
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6.525 LETRAS PUBLICADAS <> 2.572.800 VISITAS < > SETEMBRO 2022
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Coimbra *Abril em Portugal*

José Galhardo / Raúl Ferrão
Repertório de Alberto Ribeiro
-
Criação de Alberto Ribeiro no filme *Capas Negras*
Cinema Condes 1947
Informação de Francisco Mendes e Daniel Gouveia
Livro *Poetas Populares do Fado-Canção*
-
Coimbra é uma lição / de sonho e tradição 
O lente é uma canção / e a lua, a faculdade 
O livro é uma mulher / só passa quem souber 
E aprende-se a dizer / saudade

Coimbra do choupal
Ainda és capital
Do amor em Portugal... ainda
Coimbra onde uma vez
Com lágrimas se fez
A história dessa Inês... tão linda

Coimbra das canções
Tão meigas, que nos pões
Os nossos corações... a nu
Coimbra dos doutores
Pra nós os teus cantores
A fonte dos amores... és tu