- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - - - -
As 5.440 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os
- - - - -
Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE *filósofo*
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fado Portugal

José Guimarães / Manuel Portugal
Repertório de Maria Portugal

Diz-me lá de onde vinhas
Perguntei eu ao Ginguinhas
Rufião e de má fama
Se é que do fado és amigo
Traz a guitarra contigo
E vem cantar em Alfama

Vem de bota afiambrada
A melena toda esticada / P‘ra festa todo gingão
E numa fala mesquinha
Respondeu-me donde vinha / Da Rua do Capelão

Num gesto mal humorado
Manda a samarra p’ro lado / Pretendendo disfarçar
E ao entrar numa taberna
À luz da tosca lanterna / Pôs-se o Corrido a cantar

Alfama tem tradição / No passado e no presente
E aberto o coração / P’ra receber toda a gente;
Não há ninguém descontente / Nesta Alfama do passado
Aonde o fado deu brado / Com boémios e fadistas
Sem pretender dar nas vistas
Aqui é que o fado é fado