- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Meditando eu a vi

Letra e música de Jorge Fernando
Repertório de João Pedro e Raquel Tavares

Meditando eu a vi
Olhar preso no além
Olhos, misto de ternura e de fé
Lembrando a minha mãe

Conversamos sobre a cor
Do mar em tempestade
Foi então que ela sorriu e o amor
Fez-se flor nessa tarde

Tão pouco foi o nosso tempo
Para tão grande paixão
Perdoa amor, eu partir sem adeus
Tarde na vida
Encontrei o teu amor, a tua mão
Mas espero, amor, o teu perdão e o de Deus

Setembro ia caíndo
E o mar se agigantava
E essa força que no tempo nos unia
Dia a dia aumentava

Mas o mar que tanto amara
Nos seus braços a levou
Sobre a areia que o mar há pouco molhara
O recado deixou

Então soube que ela descobriu a cor
Do mar em tempestade