-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores dos temas aqui apresentados.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* 7.255 LETRAS <> 3.120.500 VISITAS * MARÇO 2024 *

. . .

Sou andorinha ferida

António Carvalho da Costa / Casimiro Ramos *fado freira*
Repertório de Fernanda Meireles

Sou andorinha ferida
Ave com asa partida
Que não pode mais voar
Minhas penas são a vida
São a esperança já perdida
Que ainda me venhas a amar

O meu ninho de beiral
Feito de lama e de sal 
De paz, amor e ventura
Não há remédio ideal
Para a cura deste mal 
Deste mal que não tem cura

As penas perdem beleza
São negras, mas de tristeza 
De viver penosa espera
Nesta dor, nesta incerteza
De já não seres com certeza 
Para mim, a primavera