- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Mouraria

Maria Helena Bota Guerreiro / Jaime Santos
Repertório de Maria Teresa de Noronha

Porque será que não canto
Como canta a cotovia?
O meu cantar nem é pranto
É gemer numa agonia!

Chora sim, meu coração / Tens razão para o fazer
Matou a vida a ilusão / Que não tornas a viver

Sofrer fez-me indiferente / Dizes tu e tens razão
Pois não é impunemente / Que se tem um coração

Ando a cumprir uma pena / Mas crime não cometi
Só sei que ela me condena / A viver longe de ti