- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.515 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Amarrotada

Carlos Leitão / Armando Machado * fado mortalha*
Repertório de Célia Leiria

Meu amor faltou o adeus
A saudade prometida
Os sonhos que foram meus
Já deixaram de ser teus
No passo incerto da vida

Deixaste-me quase nada / Pouco mais que solidão
Uma esperança amarrotada
Que junto à porta fechada / Vai ficando pelo chão

Resta-me o tempo a passar / Depressa, p’ra te esquecer
Não sei se tu vais voltar
Mas se te deixar de amar / Foi porque tinha de ser
Não sei se tu vais voltar
Mas deixarei de te amar / Meu amor, sem te perder