- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Canal de JOSÉ FERNANDES CASTRO em parceria com RÁDIO MIRA

RÁDIO apadrinhada pelo mestre *RODRIGO*

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
AS LETRAS PUBLICADAS REFEREM A FONTE DE EXTRAÇÃO, OU SEJA: NEM SEMPRE SÃO MENCIONADOS OS LEGÍTIMOS CRIADORES
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATINGIDO ESTE VALOR // QUE ME FAZ SENTIR HONRADO // CONTINUO, COM AMOR // A SER SERVIDOR DO FADO
POIS MESMO DESAGRADANDO // A TROIANOS MALDIZENTES // OS GREGOS VÃO APOIANDO // E VÃO FICANDO CONTENTES
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6.570 LETRAS PUBLICADAS <> 2.630.000 VISITAS < > NOVEMBRO 2022
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Cidade bela do fado

David Mourão Ferreira / Mário Pacheco
Repertório de Carla Pires

Era a cidade serena, ou o tempo desolado
Era o cansaço, era o fado
Fosse o que fosse, era pena
A vida ter-me deixado longe de ti
Na serena cidade triste do fado

Ai tardes de Primavera
Ai tardes de Verão precoce
A voz do vento calou-se
E o que eu ouvia não era
Não era vento, era o doce
Murmúrio da Primavera
Doçura do Verão precoce

Bela cidade serena,longe o tempo desolado
Perto, só tu, a meu lado
Lírica barca pequena
Que a vida enfim há deixado junto de mim, na serena
Cidade bela do fado