- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Porto de abrigo

Eduardo Ramos de Morais / Jaime Santos *fado alvito*
Repertório de Ana Marina

És o meu porto de abrigo
Onde esqueço em segurança
O rigor da tempestade;
O caminho percorrido
A dois, com a confiança
De um amor feito verdade

Gaivota do meu voar
Brisa da minha maresia / Que me faz sentir mais forte
Da minha noite és luar
O meu sol de cada dia / A minha estrela do norte

Meu corpo anda em viagem
Por teu corpo feito mar / Feito chama de paixão
E transborda á minha margem
Esta torrente de amar / O rio do meu coração

Amigo, marido, amante
És o melhor conselheiro / Das horas boas e más
Dizer náo será bastante
Que te amo, companheiro / Mas de mais não sou capaz