<> Existe um espaço de 20 segundos entre o começo do Fado e a sua identificação <>
Loading ...
<> <> <> <> <>
Vai certamente encontrar // Algumas incorreções /:/ Se quiser, pode ajudar // Com boas informações.

<> <> <> <> <>
As letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <> <> <>
A seguir aos índices encontrará uma lista aconselhável de FONTES de FADO !!!

<> <> <>

<> <> <>
5.875 LETRAS // 1.470.000 VISITAS // NOVEMBRO 2019

Lisboa

Isidoro de Oliveira / Alfredo Duarte *lembro-me de ti*
Repertório de Manuel Cardoso de Menezes

Eu lembro-me do Tejo como era antigamente
Fragatas encostadas junto ao Cais da Ribeira
A gente a trabalhar cantava alegremente
Fazendo da canção alívio da canseira

Lembro-me das varinas da velha Madragoa
De canastra à cabeça logo ao romper do dia
A chinelar ligeiras nas ruas de Lisboa
Fazendo do pregão um hino de alegria

Lembro a zona elegante e culta, do Chiado
Mas culta e elegante muito à nossa maneira
Vinda do Bairro Alto uma brisa de fado
Fazia portuguesa a própria Brasileira

Lembrar Lisboa antiga não nos causa tristeza
Esse tempo passou e o tempo não perdoa
A Lisboa moderna tem a sua beleza
O povo não mudou e o povo é que é Lisboa