- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Meu país *guerreiro e mareante*

Maria Manuel Cid / Custódio Castelo
Repertório de António Pelarigo


Ó meu país guerreiro e mareante
Ó meu país de montes e trigais
Descasa nos meus braços um instante
E diz-me por favor aonde vais

Ó meu país que o tempo naufragou
Na praia lusitana do meu berço
Destroço duma nau que navegou
Ao largo desse mar que não conheço

A força do teu braço, diz a história
Um dia voltará como renovo
Há oitocentos anos duma glória
Correndo pelas veias do teu povo

O teu corpo cansado está doente
O tempo p’ra viver não é demais
Pára de rir assim, tão doidamente
E diz-me por favor, aonde vais