- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Labirintos do destino

David Gonçalves / Alain Oulman *fado sombra*
Repertório de Carla Linhares

As ruas deste fado onde me perco
Traduzem labirintos do destino
As noites de saudade em que me cerco
De sombras, ilusões ao desatino

 A voz do meu olhar é fantasia
No sonho colorido pla verdade
Brota dentro de mim a nostalgia
Na imensidão da noite que me invade

 Regresso ao meu passado pra sentir
O sopro do inverno adormecido
O vento que em meu peito faz surgir
O rumo do meu fado dolorido

Enquanto a madrugada me procura
Nas ruas onde outrora me perdi
A lua roubará minha loucura
No destino de um fado que vivi