- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.530 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Ducados

João Monge / Manuel Paulo
Repertório de Ana Sofia Varela

Tens no lenço um coração
Com duas letras bordadas
Só tu sabes de quem são
E porque são encarnadas

E porque são encarnadas / Como a rosa e o botão
Com duas letras bordadas / Tens no lenço um coração

Ninguém sabe aonde vais / Fazem disto uma adivinha
Talvez que tu dês sinais / Á tarde pela fresquinha

Á tarde pela fresquinha / Pela hora dos pardais
Fazem disto uma adivinha / Ninguém sabe aonde vais

Voltas sempre com ducados / Dentro da tua jaqueta
Mais um lenço com bordados / Os olhos côr de beleta

Os olhos côr de beleta / São da côr dos meus pecados
Dentro da tua jaqueta / Voltas sempre com ducados