- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Estranho silêncio

Mário Raínho / Fontes Rocha
Repertório de Maria Armanda


Este silêncio amor, que nos enleia
Nesta noite vestida por nós dois
Beijado p'lo luar da lua cheia
Vai calando as palavras p'ra depois;
No silêncio da noite, tu eu
Vestimos o abraço até ao céu


Este silêncio amor
Ficou em nós parado
Vendo a ternura adormecer ao nosso lado


Desvendamos segredos cada instante
Acendemos carícias com ternura
Nesta noite o amor è mais amante
Que silêncio tão estranho, que loucura;
E entre nós dois, aceso como um grito
Este silêncio estranho é tão bonito