- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fado perdição

Maria Duarte / Custódio Castelo
Repertório de Cristina Branco

Este amor não é um rio
Tem a vastidão do mar
E a dança verde das ondas
Soluçam no meu olhar

Tentei esquecer as palavras / Nunca ditas entre nós
Mas pairam sobre o silêncio / Nas margens da nossa voz

Tentei esquecer os teus olhos / Que não sabem ler nos meus
Mas neles nasce alvorada / Que amanhece a terra e os céus

Tentei esquecer o teu nome / Arrancá-lo ao pensamento
Mas regressa a todo instante / Entrelaçado no vento

Tentei ver a minha imagem / Mas foi a tua que vi
No meu espelho porque trago / Os olhos rasos de ti

Este amor não é um rio / Tem abismos como o mar
E o manto negro das ondas / Cobre-me de negro olhar