- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Palavras proíbidas

Maria Duarte / Custódio Castelo
Repertório de Cristina Branco

Levou-te a noite e partiu
Em duas, uma palavra;
Ficam sempre retalhadas
As palavras que são ditas
Para ser adivinhadas

Porque o avesso das palavras / Que em duas são divididas
É o eco distorcido

Daquilo que não dizemos / Das palavras proibidas

Levou-te a noite e deixou-me / Memórias inacabadas
E segredos pressentidos
E o silêncio no lugar / Das palavras murmuradas

E o silêncio das palavras / Mal esboçadas entre nós
Anda a gritar o teu nome
Pelas esquinas das ruas / Por detrás da minha voz