- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

A saudade anda descalça

João Monge / Alfredo Duarte *fado mocita dos caracóis*
Repertório de Aldina Duarte

A saudade anda descalça
P'ra não se fazer ouvir;
Atravessa o quarto escuro
Beija-me o rosto inseguro
Quando me apanha a dormir

Tem o dom de me levar / Onde lembra o coração
Dá todo o tempo que tem / É mais do que minha mãe
Mãe da minha condição

A saudade anda descalça / E é descalça que me quer
Faz brilhar o que entristece / E o que morreu, permanece
A saudade é uma mulher