As 5.180 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Tive uma vida, deixei-a

Gonçalo Salgueiro / Popular *fado corrido*
Repertório de Gonçalo Salgueiro


Sou filho da lua cheia
Do sol um filho bastardo
Tive uma vida, deixei-a
Por nunca ter sido amado

Sou como o mar selvagem / Que tudo mata e destrói
Por não encontrar coragem / De aceitar o que me dói

Sou do fogo a chama / Sou o vento, o tudo, o nada
Sou o abismo que brama / Tua ausência prolongada

Sou alma que flameja / Sedenta da vingança
A boca que ninguém beija / A voz que não te alcança

Sou o fumo da candeia / Que se extingue neste fado
Tive uma vida, deixei-a / Por nunca ter sido amado