As 5.180 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Rumo a nada

Carlos Escobar / José Luís Nobre Costa
Repertório de João Tenreiro

Disseste adeus antes da nossa despedida
Roubámos vida da nossa vida
Do nosso amor que foi um barco em maré brava
Que baloiçava mas que voltava

Voltou p’ra nós a tristeza desse dia
Ficou sem nós a nossa maré vazia
Maré de um mar que vai e volta rumo a nada
Onda agitada, espuma queimada

Agora és livre, vive a vida, mas nem tentes
Amor tão grande, amar não penses
Se a nossa estrada nos levar a outros braços
Restos, pedaços, tristes abraços

Dei-te o que dei, raiva, medo e alegria
Ciúme, amor que lutaram dia a dia
Tanto carinho tão vivido em mundo nosso
Talvez te esqueças, mas eu não posso