- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Cantigas de portugueses

Fernando Pessoa / Refrão e música de Nuno Rodrigues
Repertório de Patrícia Rodrigues

Cantigas de portugueses / São como barcos no mar
Vão de uma alma p’ra outra / Com riscos de naufragar

Não sei que grande tristeza / Me faz só gostar de ti
Quando já tinha a certeza / De te amar, porque te vi

Quem é que não gosta, quem é que não gosta
De ter saudades de quem gosta

Entreguei-te o coração / E que tratos tu lhe déste
E talvez por ‘star estragado / Ainda não mo devolveste

Se eu pudesse dizer / O que nunca te direi
Terias de entender / Aquilo que nem eu sei

Saudades, só portugueses / Conseguem senti-las bem
Porque têm essa palavra / Para dizer que as têm