- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.580 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fado da despedida

Nascimento Fernandes / Frederico de Brito *fado azenha*
Repertório de Manuel Dias

Assim que o barco partir
Rezando a Deus, vou pedir
Que te dê felicidade;
Que te dê boa viagem
E a mim me dê coragem
P'ra suportar a saudade

Se eu não fôr á despedida
A razão, oh minha vida /
É fácil de adivinhar
É que a saudade é medonha
E depois sinto vergonha /
Que alguém me veja chorar

Se acaso um dia voltares
Feliz, e não te encontrares /
Se ouvires dizer que morri
Foi de saudades, não nego
Ou então devo estar cego /
De tanto chorar por ti