- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Lisboa das mil janelas

Hélder Moutinho / Carlos Manuel Proença
Repertório de Maria Amália Proença

Lisboa tem mil janelas
Mil histórias de caravelas
Mil guitarras a trinar
Eu não tenho quase nada
Tenho a minha madrugada
E um pouco do teu olhar

Lisboa tem arvoredos
Um castelo já sem medos / E um rio da cor do mar
Eu tenho a minha alegria
Pintada de fantasia / E um pouco do teu olhar

Lisboa tem cacilheiros
Que tentam ser os primeiros / A ver Lisboa acordar
Eu tenho um barco no Tejo
Que há muito tempo não vejo / E um pouco do teu olhar

Lisboa tem maresia
Em noites de calmaria / Onde se canta a sonhar
Eu tenho o fado no peito
Tenha a voz e tenho o jeito / E um pouco do teu olhar