- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.515 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Mar menor

António Lobo Antunes / José Luís Tinoco
Repertório de Luísa Rocha

Dançar contigo...
É irmos ambos meu amor, para tão longe
Até ninguém saber de nós nesta cidade
Amar-te...
É estar aqui enquanto a lua agora foge
Quando nas veias do meu sangue o fado arde

Dá-me um acordeão de cegos que me fale
Dá-me a noite que me saiba a madrugada
Irei adormecer num tango que me embale
Como vêm tombar os bêbados na escada

Dançar contigo...
É irmos ambos meu amor, p'la noite fora
Sem sabermos se ainda é escura, se é já dia
Quero...
Eu quero um corpo que em meu corpo se demore
Quando no côncavo da mão o sol nascia

Dá-me um acordeão de cegos que me cante
Na praia desta colcha amorrotada
Fado, fado de amor que ao vento se levante
Mais que o teu sorriso, lua na almofada