As 5.205 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Sede de infinito

Frei Bernardo de Vasconcelos / Hermano da Câmara
Repertório de Frei Hermano da Câmara

Um dia tive sede de infinito
E senti-me no mundo insatisfeito
Ergueu-se enfim, meu coração contrido
A místicas alturas do meu peito

Preso da sede ardente que crescia
E da vida, intuição do rumo aberto
Quando a minha alma em trevas que sentia
Numa missão de paz, caminho certo

Enormes horizontes me sorriram
E por esses caminhos que se abriram
Eu comecei uma ascensão sem fim

E nunca soube ao certo por onde ia
Nem se era eu que para Deus subia
Ou se era Deus que me levava a mim