- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.530 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Amália vertical *acróstico"

Tributo de Torre da Guia

Amanhecem em teu nome
Madrigais cheios de fome
Algures no verbo intinito
Longe de nós, mas tão perto
Incisa neste deserto
Abres ao silêncio o grito

A tristeza que amacia
Move o estro à fantasia
Alimentada d'esperança
Livre das grades do tempo
Invisível entre o vento
A brincar com a bonança

Antes, agora e depois
Milhões de versos heróis
Aonde o fado se encerra
Levarão a tua voz
Imortal em todos nós
Além do sonho na terra!...