- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.530 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

António Mourão

Tributo do poeta Carlos Conde
---

António Mourão, voz de oiro
Que o povo ouve com agrado
É mais um raro tesoiro
No panorama do fado

Se na canção é melhor
Então atingiu o fim
E é mercê do seu valor
Que hoje sobe ao *Galarim*

P’ra subir, mais nada resta / Nesta senda de vai-véns
Já pôs a canção em festa / E o fado de parabéns