- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

O meu nome não sei

Maria Manuel Cid / António Mourão
Repertório de António Mourão

Sou o barco que volta / Sou a chuva que cai
Sou a esperança, a revolta / O direito de um ai
Nunca tive um  abraço / Nunca tive um carinho
Ando perdido no espaço / À procura do ninho

O meu nome é ninguém
O meu nome não sei
Ando fora da lei
O meu nome é ninguém

Sou a força que faz / Suportar o açoite
Sou o grito da paz /
No silencio da noite
Sou o fato rasgado / Sou a mão calejada
O meu sangue encarnado /
Tem a cor desbotada