- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Sonho

D’Almeida Gonçalves / Acácio Gomes *fado Acácio
Repertório de Diana Soares 

De tanto sonhar, sonhei
Que o tempo estava a findar
E eu já não tinha mais tempo
Olhei o céu e pensei
Onde foi que eu errei
Ou pequei em pensamento

Sonhei que o nosso mundo
Ainda tinha a luz d’outrora / Magias d’amanhecer
Eu sonhei que era a sonhar
Mas por mim eu vou ficar / A sonhar até morrer

Os sonhos são fantasias
Que às vezes fazem pensar / Se serão realidade
São motivos tão singelos
Tão coloridos, tão belos / Mais parecem ser verdade

Um sonho é sempre um sonho
Um pensamento profundo / A dormir ou acordado
Sonhamos por um motivo
Mas a mim própria eu digo / Nunca o sonho é acabado