- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Minha mãe, porque nasci

José Guimarães / Pedro Rodrigues
Repertório de Alma Rosa

Minha mãe, vou-te cantar
Quero palavras diferentes
P’ra dizer do meu amor;
Nesta coisa de gostar
Tu és mãe e sei que sentes
Por mim, ternura maior

Minha mãe que me pariste
Que p’rá vida me atiraste / Na força de ser mulher
Quando eu nasci, tu não viste
E nem de longe pensaste / Na sorte que eu ia ter

Na vida que tu me deste
Nas coisas que me ensinaste / No que não quis aprender
Minha mãe, porque quiseste
Minha mãe porque deixaste / Porque deixaste eu nascer

Pelos silêncios sem fim
Por esta sede de amor / Por quanto tenho vivido
Por quanto sofres por mim
Seria muito melhor / Que eu não tivesse nascido