- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Porto cidade

José Guimarães / Resende Dias
Repertório de Natércia Maria

Meu Porto cidade, rasga as veias da tua memória
E vem falar de ti, do teu passado, da tua história
Meu Porto, Vandoma, és cascata de pedras antigas
Há sol e aroma nos teus pregões feitos cantigas

O Porto é povo, o Porto é rua
Barro vermelho no painel do casario
Réstia de Sol, pingo de Lua
É uma gaivota namorando mar e rio
O Porto é povo, o Porto é rua
É uma gaivota namorando mar e rio

Meu Porto poema, nas ameias, cabelos cinzentos
És rota de heróis, do caminheiro, rosa dos ventos
Meu Porto azulejo, aguarela no tempo guardada
Meu gesto, meu beijo, vitral de orvalho e madrugada