Clicar na imagem !!!
* * * * *
As 5.310 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
POR FAVOR <> no sentido de melhorar este tributo ao fado, alerte-me para qualquer erro encontrado <> OBRIGADO
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *
* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
-------------------------------------------------------------------------
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
* * * * *

Rua do meio

Hélder Moutinho / Hélder Moutinho e Manuel Oliveira 
Repertório de Hélder Moutinho 

Naquelas águas furtadas
Estendidas sob um desejo
Quantas palavras contadas
Inventadas num só beijo 


Naquela janela aberta
Á beira-rio de Lisboa
Rua sombria deserta
Ao cimo da Madragoa 


Rua do meio à Lapa, do meio da vida
Onde o lençol destapa a solidão esquecida
Rua do meio à Lapa, uma história de lisboa
Para mim, rua do meio á Madragoa


Quantas saudades perdidas
Quantas histórias quebradas
Segredos das nossas vidas
E as mágoas amarrotadas 


Em cada noite perdida
Quantos versos por cantar
Numa história prometida
Com gaivotas no olhar