- - - - -

- - - - -
<> Clique na imagem e oiça Fado <>
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Tudo acabou

Moita Girão / Alfredo Duarte *marcha do marceneiro*
Repertório de Fernando Maurício

Desde que te ouvi dizendo
De sentimento em revolta
Adeus amor, acabou-se;
Os anos foram correndo
O mundo deu muita volta
E a vida modificou-se

Ainda trago comigo
Aquela cruz que me deste / Tudo o que guardo de ti
Cruz que tem sido um castigo
A lembrar-me que esqueceste / Tanta jura que te ouvi

Não sei onde estás agora
Nem sei se vives ainda / Ou se Deus já te levou
Eu sigo p'la vida fora
Sentindo a saudade infinda / Dum amor que se acabou