- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.575 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Agora choro à vontade

Eugénio Pepe / Guilherme Pereira Rosa
Repertório de Tony de Matos

Vê... agora choro à vontade
Falo da minha saudade
Em cada fado que canto
Lê... em cada o meu passado
É condão que tem fado
Dar largas ao nosso pranto

Meu amor perdido à toa
Vai num fado de Lisboa
E eu... a quem o fado não ri
Vou chorando em cada fado
Um grande amor que perdi

Vê... a saudade anda comigo
Se já não ando contigo
Tu não sais da minha frente
Lê... nas letras que canto ao fado
A saudade do passado
Onde tu andas presente

Fado que meu peito entoa
Vai contigo por Lisboa
E eu... a quem o fado não ri
Vou chorando em cada fado
Um grande amor que perdi