-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores dos temas aqui apresentados.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* 7.350' LETRAS <> 3.257.500 VISITAS * MAIO 2024 *

. . .

O tiro pela culatra

Ricardo Cruz / Maria do Rosário Pedreira
Repertório de António Zambujo

Mal a vi fui seduzido
P’lo seu corpo lança-chama
E a perna bem torneada
E meti no meu sentido
Se não a levo prá cama
Não sou homem não sou nada

Pus um ar de matador
E assim sem falinhas mansas 
Convidei-a pra jantar
Quase a vi ficar sem cor
Mas quando eu perdia as esperanças 
Aceitou sem hesitar

Pronto prá grande conquista
Barba feita, risco ao lado 
Sapato novo e brilhante
Comprei rosas na florista
E cheguei adiantado 
À porta do restaurante

Quase me caía o queixo
E até fiquei aturdido 
Com o choque da surpresa
Ela ao chegar deu-me um beijo
Apresentou-me o marido 
E foi andando prá mesa