- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Pergunta a quem quiseres *Maurício

Mário Raínho / Alfredo Marceneiro *fado laranjeira*
Repertório de Fernando Maurício

Pergunta a quem quiseres, ao vento à madrugada

Se deixei de te amar, se acaso te esqueci
Pergunta até às flores quando a noite orvalhava
Se não eram meus olhos a chorarem por ti

Pergunta à verde cor dos sonhos que sonhei
À lua aos lábios frios que beijei e esqueci
Pergunta à minha dor quantos fados cantei
Nos mil dias vazios em que esperei por t

iPergunta à ilusão das luas do pecado
Aos amores que não quis e que deixei pr’aí
Pergunta à solidão do meu quarto alugado
Se as loucuras que fiz, não foi pensando em ti