- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.515 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

O destino marca a hora

João Nobre / César d'Oliveira / Rogério Bracinha
Repertório de Tony de Matos

O destino marca a hora, pela vida fora
Que havemos de fazer
O que rege a sorte agora, foi escrito outrora
Logo ao nascer
O relógio, marca o tempo de viver, todos nós somos iguais
Se o destino nos condena
Não vale a pena lutarmos mais


O passado nunca volta, p
odes crer
O futuro não tem dono
Toda a flor por mais bonita, há-de morrer
Quando chega o seu Outono

Temos hoje p'ra viver toda uma vida
O amanhã?... que longe vem
A saudade está escondida
Num destino por medida
P'ra nós dois e mais ninguém