- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.520 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Se tu viesses ver-me hoje

Florbela Espanca / Luís Pedro Fonseca
Repertório de Cristina Nóbrega

Se tu viesses ver-me hoje à tardinha
A essa hora dos mágicos cansaços
Quando a noite de manso se avizinha
E me prendesses toda nos teus braços

Quando me lembra esse sabor
Que tinham a tua boca, o eco dos teus passos
O teu riso de fonte, os teus abraços
Os teus beijos, a tua mão na minha

Se tu viesses quando, linda e louca
Traça as linhas dulcíssimas dum beijo
E é de seda vermelha e canta e ri

E é como um cravo ao sol a minha boca
Quando os olhos se me cerram de desejo
E os meus braços se estendem para ti