- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Raminho de paixão

José Fernandes Castro / Samuel Cabral 
Repertório de José Fernandes Castro 

Meu raminho de oliveira / Estrela em forma de gente
Minha flor de laranjeira / Meu clarão incandescente
És a minha vida inteira
Meu futuro, meu presente

Minha luz celestial / Minha promessa cumprida
Poema tão natural / Como as coisas desta vida
Meu pecado original
Minha paixão prometida

Meu guardião do futuro / Neste futuro risonho
Meu porto mais que seguro / Meu amor p’ra lá do sonho
És rima que não descuro
Nos versos que te componho

Meu luar mais que bendito / Meu cravo purificado
Minha luz, meu infinito / Meu sorriso imaculado
Minha esperança, meu grito
Minha certeza, meu fado