- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Quando me chamas amor

Rui Manuel / Fontes Rocha
Repertório de ?

Quando me chamas amor
Confesso que a emoção
Obriga meu coração
A bater descompassado;
Quisera deter o tempo
Prolongando esse momento

Quando me chamas amor / Ou acontece ou invento
Que apenas por um segundo / Pára todo o movimento;
Reina um silêncio profundo / Para eu te ouvir melhor
Reina um silêncio profundo
Quando me chamas amor

Quando me chamas amor / Quase chego a sentir medo
De que mais tarde ou mais cedo / Vás deixando de o fazer
Quem dera que mo repitas
Vezes muitas, infinitas