- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

A luz dos teus olhos

Isidoro de Oliveira / Alberto Correia *fado solene*
Repertório de Manuel Cardoso de Menezes

O teu olhar de ternura
Era a luz da minha vida
Eu vivo na noite escura
Depois da tua partida

Era a luz da minha vida / Essa luz dos olhos teus
Que parecia vir dos céus / Das mãos de Deus emitida

Luz duma estrela caída / Cintilante, bela, pura
Tinha beleza e doçura / Era a minha felicidade
Hoje lembro com saudade / O teu olhar de ternura

Eu vivo na noite escura / Pedindo à Virgem Maria
Que contigo, um novo dia / Ponha fim nesta amargura

Só tu podes ser a cura / Da dor que vem desta ferida
Que tira o gosto da vida / Tirando à vida beleza
Na vida só há tristeza / Depois da tua partida

Depois da tua partida / Eu vivo pedindo a Deus
Que dê luz à minha vida / Com a luz dos olhos teus